Abr 032018
 

A ONG AD – Acção para o Desenvolvimento, no quadro de projecto “Cacheu, di si cultura i Istoria” em colaboração com parceiros do programa Associazione Interpreti Naturalistici (AIN), Cooperativa Agrícola dos Jovens Quadros (COAJOQ) e o Governo Regional, financiado pela união Europeia (EU) celebraram quarta-feira, 28 de Março de 2018, na Escola de Artes e Ofícios de Quelelé em Bissau o dia Internacional em Memória das Vítimas da Escravatura e do Comércio Transatlântico de Escravos.

Pretende-se com o evento, chamar atenção sobre às condições dos migrantes que se encontram sujeitos a novas formas de exploração humana.

O evento que envolveu estudantes universitários e das escolas do ensino complementar, foram apresentadas as temas: Reportagem radiofónico, intitulado: “Líbia de busca de melhor vida à Escravatura”, do Jornalista Mamudo Danso da Rádio Voz de Quelele, que recebeu, o prémio de jornalismo dos Direitos Humanos de 2017, Crianças trabalhadoras em risco de emigração e forçada sofrimento, As novas formas de Escravatura, Exemplo da venda de seres humanos na Líbia.

No final, foram entregue Certificados de participação aos formandos do Curso em Produção Cultural realizado no Memorial em Cacheu.